ÁREA DO FILIADO

Notícias:

Sindojus-SC envia e-mail à bancada de SC em favor do NÃO à Reforma da Previdência


A Diretoria do Sindojus-SC acaba de enviar e-mail a todos os Deputados Federais e Senadores da bancada catarinense, pedindo consideração pelos trabalhadores, assim como o voto contrário à Reforma da Previdência.
Abaixo a íntegra do documento enviado.

Assunto:
Defesa dos direitos à aposentadoria e aos benefícios previdenciários dignos dos cidadãos brasileiros.

Senhores senadores e deputados Federais,

Na qualidade de Presidente do Sindicato dos Oficiais de Justiça Avaliadores de Santa Catarina ? SINDOJUS/SC, entidade que representa mais de 700 trabalhadores de todo o Estado de Santa Catarina, venho, por meio deste ofício, requerer que a Vossa Excelência não participe de um dos maiores crimes aos direitos dos trabalhadores do Brasil, intitulado de Reforma da Previdência.

Como defensor da classe trabalhadora, posso afirmar que o povo mais pobre, as trabalhadoras e os trabalhadores mais sofridos estão cansados de suportar os contínuos ataques do Governo Federal. Os brasileiros não podem ser penalizados por mais uma reforma que, em nenhum momento, propõe resolver o suposto déficit previdenciário, mas, sim, atender aos interesses do mercado financeiro ? cujas benesses recebidas pelo Estado subtraem nossas riquezas a cada dia.

Peço que a Vossa Excelência reflita: como apoiar um Governo que pretende explorar a força de trabalho idosa, deixar viúvas desamparadas e expor os servidores por anos a ambientes insalubres, enquanto quer dar R$ 1 trilhão às multinacionais petrolíferas, em forma de isenção fiscal, nos próximos 25 anos?

Diferente do que a Medida Provisória (MP) 805/17 e o Projeto de Lei do Senado (PLS) 116/17 alegam, não são os servidores que desfalcam os cofres públicos. Também não é a quantidade atual ou a projeção futura do número de aposentados.

Conforme publicado nos portais de notícias UOL, Estadão, Carta Capital e no próprio Portal da Transparência do Governo Federal, respectivamente, são os pacotes de bondades, como a MP 795/17; os R$ 32,1 bilhões gastos para barrar as duas denúncias criminais contra o presidente da República, Michel Temer; os R$ 426 bilhões que grandes empresas nunca repassaram ao INSS; os R$ 317,1 milhões em publicidade do Poder Executivo Federal, os responsáveis por alimentar o capital especulativo e assaltar o erário público.

O SINDOJUS/SC não acredita que esta reforma, determinada pela Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287, preveja qualquer aprimoramento da gestão previdenciária, nem combaterá fraudes e sonegações. E certamente, os trabalhadores não irão perdoar todo e qualquer parlamentar que se submeta à ganância dos financistas. Em 2018, serão relembrados nas urnas somente aqueles que defenderem e respeitarem os direitos e a dignidade do povo brasileiro nos momentos mais decisivos do País.

É com este apelo a Vossa Excelência que encerro a presente carta para que, no futuro, possamos comemorar juntos, a retomada do desenvolvimento da Nação sobre as bases da igualdade, do pleno emprego e da soberania nacional.



Atenciosamente,


Fernando Amorim Coelho
Presidente do SINDOJUS/SC
Sindicato dos Oficiais de Justiça Avaliadores de Santa Catarina







Historico de notícias:
Gerais Sindicais Judiciais









© 2016 SINDOJUS / SC
Direitos Reservados



Sindicato dos Oficiais de Justiça
de Santa Catarina

Endereço SEDE:
Rua Silveira de Souza, n.º 60 - Centro
Florianópolis - Santa Catarina.
CEP: 88020-410
Fone Fax: (48) 3879-5501
Email: atendimento@sindojus-sc.org.br





Newsletter

Receba nossas notícias